curso adm condominio

curso adm condominio

São muitas as exigências para uma boa administração condominial.
Por isso preparamos este artigo bem completo para que você conheça todas as exigências sobre um curso adm condominio.

O que eu preciso saber para ser síndico?

A primeira coisa que qualquer pessoa precisa saber para ser síndico, é que durante a eleição, é necessário ter quórum, para que atinja a quantidade suficiente para promover a eleição.

Saber as regras eleitorais do condomínio que pretende se candidatar é muito importante, já que cada condomínio se aplica um conceito diferente para eleição.

A escolha é decidida de forma democrática entre os condôminos adimplentes (proprietários dos apartamentos) e as regras democráticas estão escritas na Convenção de Condomínio, a qual recomendamos ser registrada em cartório.

O registro em cartório da convenção, faz ela oponível a todos os condôminos, moradores, prestadores de serviços e colaboradores. Isto é, todos devem respeitar as regras deste documento.

Outros pontos, importantes serão apresentados no decorrer deste texto.

O que é um curso adm condominio?

Para entender o que é um curso adm condominio e o que ele faz, é importante sabermos que o síndico tem um enorme poder de impacto no condomínio. Então sua escolha deve ter cautela.

O síndico é o administrador do condomínio, eleito pelos proprietários das unidades e tem como responsabilidade solucionar e prevenir problemas em geral do condomínio.

  • Entre estes problemas e prevenções, estão inclusos itens como:
    Prestação de contas a pagar;
  • Elaboração de orçamentos;
  • Contratação de funcionários;
  • Contratação de empresas para realização de serviços;
  • Entre outros serviços.

Por isso, a capacitação do síndico é fundamental para esta atividade.
Existe muita diferença entre um simples síndico e um Síndico Profissional com curso adm condominio, pois alguns fatores são decisivos para uma boa gestão e em alguns casos, a má administração pode gerar até mesmo processos ao administrador e/ou para o condomínio.

Qual a diferença entre síndico morador e um Síndico Profissional?

Todo condomínio precisa ter um síndico, seja ele um morador ou terceiro contratado, onde deve ser eleito dentro das regras da convenção de condomínio.

Normalmente os síndicos moradores, exercem atividades profissionais fora do condomínio, o que dificulta a administração, pois geralmente na parte da noite, após chegar de seus trabalhos é que os síndicos vão colocar em dia as atividades em relação ao condomínio.

Esse formato atrapalha muito a gestão, pois acaba se tornando uma administração remota.

Já o Síndico Profissional com curso adm condominio, contratado pelo condomínio e/ou administradora, é um síndico presente e consegue acompanhar de perto, todos as demandas a serem realizadas.

Para legislação brasileira, esta também é uma atividade profissional válida para realização da administração. O condomínio paga pela administração exercida.

logo branco sindico preparado _

Descubra como se tornar
um síndico profissional

Reduza os custos e inadinplências do seu
condomínio com soluções inovadoras.

Síndico Profissional - Síndico Preparado

O que faz um curso adm condominio?

O Síndico Profissional com curso adm condominio nada mais é do que o administrador do condomínio. Ele é um profissional contratado para exercer o cargo de sindico. A escolha do administrador deve passar pelo grau de excelência demonstrado em trabalhos anteriores.

Percebe-se que um Síndico Profissional com curso adm condominio tem uma vida de responsabilidades. Gerir um condomínio é tão complexo como administrar uma empresa. Isso sem contar o relacionamento com os moradores que muitas vezes é complicado.

O Síndico Profissional com curso adm condominio se orienta pelas leis que valem para o todo o país. E, também deve acompanhar as regras que constam na convenção do condomínio e no regimento interno.

Muitas das atribuições do síndico já constam do Código Civil que é a principal lei nacional responsável por tratar de condomínios. O Código Civil determina em seu artigo 1348 quais são funções de um síndico:

  • convocar a assembleia dos condôminos: é dever dos síndicos profissionais convocar pelo menos uma Assembleia Geral Ordinária ao ano. É nas assembleias que os principais pontos da administração do condomínio são postas em votação. Não existe limite máximo para realização de assembleias gerais.
  • representar, ativa e passivamente, o condomínio, praticando, em juízo ou fora dele, os atos necessários à defesa dos interesses comuns: caso existam processos judiciais o Síndico Profissional com curso adm condominio deverá responder em nome do condomínio podendo celebrar acordos, dar quitação, reconhecer obrigações e etc. Um advogado deverá ser contratado para representar o condomínio nos processos.
  • dar imediato conhecimento à assembleia da existência de procedimento judicial ou administrativo, de interesse do condomínio: toda vez que se iniciar um processo deve o Síndico Profissional com curso adm condominio informar a comunidade condominial, pois um processo pode gerar prejuízo.
  • cumprir e fazer cumprir a convenção, o regimento interno e as determinações da assembleia: a convenção e o regimento interno são as duas principais regras do condomínio. É obrigação do síndico zelar por seu cumprimento.
  • diligenciar a conservação e a guarda das partes comuns e zelar pela prestação dos serviços que interessem aos possuidores: cabe ao Síndico Profissional com curso adm condominio cuidar da conservação do condomínio. Cuidar das partes comuns como escadas, portaria, elevadores, piscina e parquinho garantem a qualidade de vida dos moradores. O síndico deve escolher bem que presta serviços ao condomínio. Verificando a qualidade e preço das empresas contratadas.
  • elaborar o orçamento da receita e da despesa relativa a cada ano: um condomínio se assemelha muito a uma empresa. A gestão dos custos e receitas deve ser uma preocupação constante do Síndico Profissional com curso adm condominio. O orçamento anual tem relação direta com o valor da taxa de condomínio que será cobrada dos moradores.
  • cobrar dos condôminos as suas contribuições, bem como impor e cobrar as multas devidas: o Síndico Profissional com curso adm condominio tem de realizar vigilância constante sobre os pagamentos das taxas de condomínio. As cotas são a principal fonte de receita dos condomínios. É com elas que são pagos os salários dos funcionários e as demais contas como água e luz das partes comuns do condomínio. Uma boa gestão do condomínio passa pela eficiência do Síndico Profissional com curso adm condominio manter a taxa de inadimplência em nível baixo.
  • prestar contas à assembleia, anualmente e quando exigidas: o síndico é administrador do condomínio e não seu dono. Por isso, tem obrigação de prestar contas de sua gestão. Quanto melhor for a comunicação do síndico com os moradores melhor!
  • realizar o seguro da edificação: é obrigação de todo síndico manter ativo o seguro da edificação. O administrador que não fizer o seguro pode responder na Justiça pelos prejuízos ao condomínio.

O que é preciso para ser um Síndico Profissional?

Para ser um Síndico Profissional com curso adm condominio o candidato precisa reunir habilidades técnicas, comerciais e de relacionamento humano.

As várias habilidades são necessárias porque o síndico se relaciona com muitas pessoas e cada um tem características diferentes.

Então, fizemos a uma pequena lista do que é preciso para ser um Síndico Profissional e como um curso adm condominio pode ajudar:

A) Capacitação: Não existe curso superior e desconheço a existência de cursos técnicos para síndicos profissionais. Então, é necessário fazer cursos livres e abertos que apresentem temáticas relevantes para o Síndico Profissional com curso adm condominio.

B) Relação Interpessoal: durante a gestão é preciso se relacionar com os moradores, os prestadores de serviços e os colaboradores do condomínio. Cada uma dessas pessoas precisa de uma atenção e cuidados diferentes. Saber se relacionar bem com todas é fundamental.

C) Experiência: muitos síndicos profissionais foram antes síndicos moradores ou mesmo trabalharam por anos em administradoras de condomínio antes de se lançar como Síndico Profissional com curso adm condominio.

D) Atualizado: ser uma pessoa antenada com as melhores práticas do mercado e da tecnologia, visando a redução de custos do condomínio e assim demonstrando que está atento as mudanças.

E) Resiliente: o dia a dia da gestão do condomínio é dura. O síndico deve ter um bom controle psicológico para enfrentar as pressões diárias que vem de vários lados (moradores, prestadores de serviços e funcionários).

F) Liderança: é preciso desenvolver e utilizar capacidades de liderança.

Quer se tornar um Síndico Profissional?

Clique no botão abaixo e descubra todos os segredos desta profissão.

Qual é o salário de um síndico profissional?

Se você pretende ser um Síndico Profissional com curso adm condominio, o melhor caminho é ser o dono de seu próprio negócio. Abrindo sua própria empresa o retorno financeiro será maior.

Apesar de o ditado “empreender no Brasil não é para amadores” ser uma verdade, no caso dos síndicos profissionais pode ser a melhor maneira de ganhar dinheiro.

Existem casos que síndicos cobram sete mil reais para administrar apenas um condomínio, como relatado pelo site Uol . Nesta reportagem que ouviu o senhor Renato Tichaeur foi colocado que os valores recebidos por síndicos profissionais são maiores quantos eles abrem suas próprias empresas.

O senhor Sérgio Vieira também entrevistado pelo site Uol afirmou que os síndicos profissionais costumam cobrar entre R$ 2.000 a R$ 3.000,00 para condomínios com até sessenta apartamentos.

Pelo menos essa é a realidade da cidade de São Paulo. Cada localidade tem suas próprias realidades.

Quanto custa um curso de síndico profissional?

Não existe um único caminho para se tornar um Síndico Profissional com curso adm condominio.

Por outro lado, todos os caminhos passam pela capacitação constante!

Cada profissional que tem se tornado referência no mundo condominial tem a sua própria caminhada.

Isso acontece porque não existe um curso superior ou cursos técnicos que formem síndico profissionais no Brasil. Por isso, responder quanto custa um curso de Síndico Profissional com curso adm condominio é tão complicado.

Existem vários cursos disponíveis no mercado.

Antes de saber quanto custa um curso, é preciso responder: que tipo de habilidade você enquanto profissional precisa atingir?

Assim, você economiza dinheiro focando no que é necessário.

Por isso, ao invés de fazer um curso genérico é mais recomendado fazer pequenos cursos que se dediquem a resolver um problema específico.

Exemplo.

Você está iniciando sua carreira e não fez o curso superior de Direito. Neste caso, o mais recomendado é realizar um curso que fale sobre a legislação de condomínios.

Agora imagine que você é bacharel em Direito, mas não entende de planejamento estratégico. Você deve buscar um curso que atenda a essa necessidade.

Assim, conseguirá subir degrau por degrau na escada do conhecimento de forma definitiva.

De toda maneira, cursos de Síndico Profissional com curso adm condominio disponíveis no mercado têm variado entre R$ 800,00 a R$ 3.000,00. Investimento relativamente baixo para o resultado financeiro da profissão.

Quanto custa uma empresa de condomínios?

A famosa expressão “cada caso é um caso” se encaixa bem aqui.

Alguns requisitos devem ser levados em consideração para gerar os valores cobrados:

A) Número de unidades do condomínio;
B) Número de visitas por semana ao condomínio pelo representante;
C) Quantidade de áreas comuns e de lazer;
D) Tamanho da equipe de funcionários e se esses funcionários serão da empresa de condomínios ou do próprio condomínio;
E) Valor da taxa condominial;
F) Existência de processos judiciais; e,
G) Existência de processos administrativos.

Outros pontos podem ser acrescentados, mas entendemos que esses são os principais.

Como se tornar um Síndico Profissional​ - Síndico Preparado
logo branco sindico preparado _

Tudo que você precisa para
ser um síndico profissional,
mesmo sem experiência.

Conheça o método revolucionário que já formou centenas de síndicos.

Como ser um bom síndico

Ser um bom síndico é função árdua que leva tempo, pois são muitas competências profissionais que precisam ser aprendidas e exercitadas.

Para se ter uma noção, o especialista Márcio Rachkorsky fez um levantamento e notou que “o síndico tem 143 obrigações legais para com o condomínio. Ele também responde nas esferas civil, criminal, trabalhista, previdenciária, tributária e ambiental” .

Então, conhecer a legislação que envolve o tema condomínios se torna obrigatória.

Inclusive entender bem a convenção de condomínio e o regimento interno. Esse conhecimento é elementar para uma boa gestão.

Mas, não é só isso. Se fosse, bastaria ser um bom advogado para exercer a função principal na gestão condominial.

Um bom síndico acompanha de perto as planilhas de receitas e despesas para realizar uma boa gestão. No mercado existem ótimas softwares que ajudam muito a vida do Síndico Profissional com curso adm condominio neste acompanhamento.

Uma boa gestão do condomínio passa por manter a taxa de inadimplência em nível baixo. Essa é uma grande diferença entre o síndico morador e o Síndico Profissional com curso adm condominio. O administrador profissional tem mais condições técnicas para realizar as cobranças e assim reduzir a inadimplência.

A transparência deve ser a marca de uma boa gestão de condomínio. Todo bom síndico deve manter a comunicação clara e aberta com os moradores.

Por fim, a atuação como mediador de conflitos dentro do condomínio faz de qualquer profissional um ótimo síndico.

Qual o melhor curso de sindico profissional?

Acho que a pergunta principal é: o que preciso para me tornar um síndico profissional?

Assim sendo, o melhor curso é aquele que vai conseguir resolver as suas dores profissionais.

Você saber quais são elas? A primeira pergunta a ser respondida é essa. O que eu preciso aprender para me tornar um melhor profissional?

Faça uma lista do que você precisa aprender e eleja as prioridades. Foque nelas e aí sim você busca no mercado o que precisa.

Isso lhe economizará tempo e dinheiro, bem como sairá mais feliz da capacitação feita.

Tenho certeza que o mercado irá lhe atender com bons cursos se primeiro você souber do que precisa.

Contratar um curso de síndico profissional sem saber o que você precisa é igual ir ao shopping em dia de liquidação. Você compra o que precisa e leva um monte coisa que não precisa e nunca precisará.

Oscar Moreira - Síndico Preparado - 01

“Ajudo condomínios e administradoras a terem planejamento e reduzirem seus custos.”
Oscar Moreira

Descubra os segredos para se tornar um Síndico Profissional

Aprenda a resolver os principais problemas dos condomínios em geral.

Me chamo Oscar Moreira e há 10 anos atuo como advogado e consultor de condomínios.

Essa experiência me levou a criar um método capaz de gerar resultados rápidos aos seus clientes.

Agora eu disponibilizei o Método Inadimplência Zero, onde você aprende a como acabar com as dívidas dos condomínios em que você administra.

E se você não é um administrador, aproveite uma das profissões que mais cresce no Brasil e paga ótimos salários.

Isso está a um clique de você e o melhor, de forma simples de aprender.

Em apenas 07 dias você irá transformar seu conhecimento e mudar de patamar nesta área.

Dúvidas Frequentes

Nada mais que o administrador responsável por gerir o condomínio. Sendo eleito pela maioria dos proprietários das unidades habitacionais. Por ser eleito ele possui um mandato que não pode ter prazo superior a dois anos.

Como profissional receberá um salário para desempenhar suas funções perante o condomínio.

Um síndico profissional que é contratado por uma administradora de condomínio e tem carteira assinada recebe entre R$ 2.206.07 a R$ 4.980,28.

Os valores informados são do site Salário e estão atualizados com os valores pagos no ano de 2020.

O site coletou informações oficial do governo federal para chegar os valores médios pagos aos síndicos profissionais contratados com carteira assinada.

Um total de 1.657 salários de profissionais foram analisados.

O regime de trabalho é de 44 horas semanais para os salários apresentados.

Os valores salariais recebidos pelos síndicos estão configurados na função/código CBO 5101-10.

Os salários descritos acima são dos profissionais empregados com carteira assinada. Normalmente esses profissionais são contratados por administradoras de condomínio. Mas, entendemos que a atuação como síndico profissional vinculado a uma empresa não é forma mais usual de vínculo salarial.

Quem determina se pode existir reeleição ou não é a convenção de condomínio. Então, deve ser feita análise das regras eleitoras que estão descritas na convenção.

É comum a possibilidade de reeleição e que elas até sejam sucessivas. Mas, cada caso é um caso.

De toda maneira, uma boa leitura da convenção deve ser realizada e existindo dúvidas um advogado deve ser consultado.

Os valores variam e levam em consideração:

  • a carga horária do curso,
  • o grau de especialização dos instrutores,
  • a forma do curso (presencial ou on-line),
  • a empresa certificadora.

Na prática, os cursos para síndico profissional têm variado entre oitocentos a três mil reais.

Já adianto que realizar apenas um curso não fará de ninguém um síndico profissional. Por isso, o aprendizado deve ser constante. ´

Ótimos profissionais nunca param de estudar.

Realizar um curso de síndico profissional abrirá uma infinidade de caminhos de aprendizado. Lembre-se que esse tipo de profissional precisa de várias habilidades visto que várias áreas de estudo se encontram na administração de condomínios.